Loading

Analistas-Tributários apreendem 463 kg de cocaína e retêm mais de R$ 1 milhão em joias em ações de 21 a 27 de março

Dos dias 21 a 27 de março, Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) apreenderam 463,4 quilos de cocaína e retiveram mais de R$ 1 milhão em joias e diversos produtos. Os resultados foram obtidos a partir de ações de fiscalização realizadas pelos servidores do cargo em São Paulo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos e no Porto de Santos.

A maior apreensão de cocaína no período se deu no dia 23 de março, no Porto de Santos. Na ocasião, Analistas-Tributários identificaram um carregamento de 436 quilos da droga escondido em tambores com polpa de goiaba, que estavam armazenados em dois contêineres com destino à Holanda. As caixas metálicas foram separadas para fiscalização durante um trabalho não intrusivo, que envolveu escâneres.

As demais apreensões de cocaína realizadas por Analistas-Tributários se deram no Aeroporto Internacional de Guarulhos e contaram com apoio de cães de faro da Receita Federal. Entre os dias 21 e 22 de março, os servidores apreenderam 14 quilos da droga, que estava escondida em bagagens de três passageiros, em pacotes de sopa, chinelos e bombons. A droga teria como destino cidades africanas. No mesmo período, os servidores do cargo retiveram 40 celulares iPhone, no desembarque internacional do aeroporto. Os produtos estavam em posse de dois passageiros vindos do Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi (ASU), no Paraguai.

Posteriormente, durante plantão no Aeroporto de Guarulhos ocorrido entre os dias 23 e 24 de março, os servidores apreenderam 13,4 quilos de cocaína e retiveram US$ 16.650. A droga estava em posse de duas passageiras que teriam como destino à cidade de Lagos, na Nigéria. O dinheiro, por sua vez, foi encontrado na bagagem de um passageiro vindo de Joanesburgo, na África do Sul. Durante a fiscalização, os Analistas-Tributários encontraram 3,4 quilos de cocaína oculta em 16 pares de tênis em posse de uma passageira brasileira. Outros 10,09 quilos da droga foram encontrados pelos servidores do cargo em fundos falsos de quatro quadros transportados por uma passageira nigeriana.

Durante plantão ocorrido no local entre os dias 22 e 23, Analistas-Tributários também retiveram mais de R$ 1 milhão em joias. Os produtos estavam escondidos em pacotes de salgadinhos, no interior da bagagem de um passageiro vindo dos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *