“Pirata: tô fora!” vence 1º Prêmio Nacional de Combate à Pirataria

Campanha do Sindireceita é escolhida a Melhor Ação Educativa

O anúncio dos vencedores foi feito na manhã de hoje (2) pelo secretário-executivo do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Teles Ferreira Barreto e pela secretária-executiva do Conselho, Ana Lúcia Medina
A campanha “Pirata: tô fora! Só uso Original”, promovida pelo Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil Sindireceita), foi a vencedora na categoria Melhor Ação Educativa do 1º Prêmio Nacional de Combate à Pirataria. O Prêmio é concedido pelo Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos contra Propriedade Intelectual do Ministério da Justiça (CNCP/MJ) e tem por objetivo homenagear as entidades públicas e privadas que se destacaram no combate efetivo à pirataria e ao mercado ilegal.
A solenidade de entrega do 1º Prêmio Nacional de Combate à Pirataria acontece nesta sexta-feira, dia 2 de dezembro, às 14h30, no auditório Tancredo Neves, no Ministério da Justiça (MJ), em Brasília/DF. O anúncio dos vencedores foi feito na manhã de hoje (2) pelo secretário-executivo do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Teles Ferreira Barreto e pela secretária-executiva do Conselho, Ana Lúcia Medina. Além do Sindireceita foram premiadas a Prefeitura Municipal de São Paulo, Melhor Ação Repressiva, e a Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), como Melhor Ação Econômica.
A campanha “Pirata: tô fora!” foi reconhecida como a Melhor Ação Educativa desenvolvida no País entre agosto de 2010 e julho de 2011. O Prêmio reconhece a iniciativa do Sindireceita, que neste período lançou a nova fase da campanha que tem por objetivo difundir a mensagem “Viva a Originalidade”, disseminando a ideia de valorização do original, que representa a essência do esforço antipirataria. As ações foram realizadas em eventos populares como os carnavais de Salvador, Recife e, pela primeira vez, movimentaram o Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas. A iniciativa teve o objetivo  de sensibilizar a sociedade quanto à importância da valorização das ideias, atitudes, projetos e produtos originais. Essas cidades foram escolhidas justamente por concentrar foliões, formadores de opinião, artistas e pela originalidade da manifestação de suas
festas. As ações visam mostrar que ideias originais, quando protegidas e valorizadas, trazem benefícios a todos.
A presidenta do Sindireceita, Sílvia Helena Felismino, destaca que o prêmio é um incentivo e, principalmente, um reconhecimento ao esforço de todos os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que, de forma pioneira, começaram um trabalho para chamar a atenção da sociedade para os riscos e prejuízos que pirataria causa ao País. “Estamos há vários anos lutando para conscientizar a população para os graves problemas que a pirataria causa a todos. Hoje, recebemos essa premiação como um reconhecimento a todo esforço feito nos últimos anos. O prêmio também renova a nossa dedicação e reforça nossa vontade de seguir e ampliar todo o trabalho realizado”, acrescenta. Sílvia Felismino também agradeceu aos organizadores do Prêmio.
468 ad

Leave a Reply