Analistas – Tributários da equipe de servidores da Seção de Repressão Aduaneira (Sarep), da Delegacia da Receita Federal em Londrina/PR, realizou ações de operações de vigilância e repressão aduaneiras no centro de remessas postais em Londrina que resultou na retenção de mercadorias com indícios de importação irregular cujo valor estimado é de aproximadamente R$ 1 milhão. As duas ações foram realizadas entre os dias 14 e 16 de abril.

Cerca 1000 encomendas foram retidas, dentre as mercadorias apreendidas estão eletrônicos, como celulares, bens de informática, caixas de som, receptores de satélite, perfumes e outros.

Analistas-Tributários atuam na apreensão de cerca de 600 kg de cocaína no Porto de Paranaguá (PR) nesta semana. Na segunda-feira, 19, foi realizada a apreensão de 487 quilos de cocaína no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá (PR). A droga estava escondida em tabletes dentro de um contêiner carregado com tábuas de madeira. Na quinta-feira, 22, foi realizada uma nova apreensão de 74 quilos de cocaína no mesmo local.

Analistas-Tributários atuaram na retenção de cerca de 16 mil pares de calçados falsificados na última quinta-feira, 15, na unidade de controle de mercadorias de trânsito do Itinga, na Rodovia BR -010, município de Dom Eliseu. A ação integra a Operação Rota 010 e foi conduzida pelas equipes da RFB e da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa). A carga tem valor estimado de R$ 700 mil e abasteceria o comércio ilegal de produtos falsificados nos estados do Amapá e Pará.

Analistas – Tributários da Equipe de Repressão ao Contrabando da Delegacia da Receita Federal realizou, com apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE (PMRR), uma operação em loja de comercialização de produtos estrangeiros. Foram apreendidos sete volumes de produtos de tabacaria e cigarros eletrônicos avaliados em vinte e dois mil reais.

Na última quarta-feira, dia 14, Analistas-Tributários atuaram ainda na apreensão de uma carga com 400 frascos de anabolizantes por suspeita de contrabando em Boa Vista/RR. A ação ocorreu durante operação de repressão ao contrabando e descaminho em uma transportadora da cidade.

Atuação dos Analistas-Tributários

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento de pandemia, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.